É FAKE que produtos importados da China podem conter coronavírus!



É FAKE que produtos importados da China podem conter coronavírus!


Conteúdo alarmista no Brasil falam sobre risco de contágio, mas a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde e médicos descartam essa hipótese.

Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que produtos importados da China podem estar contaminados com o coronavírus quando chegam ao Brasil. Essa informação é falsa!

Não há nenhum risco, o vírus só é transmitido entre humanos e não sobrevive mais de 24 horas fora do organismo humano ou de algum animal.

O Ministério da Saúde afirma que não há nenhuma evidência que produtos enviados da China para o Brasil tragam o novo coronavírus. Argumenta ainda que vírus geralmente não sobrevivem muito tempo fora do corpo de outros seres vivos, e o tempo de tráfego destes produtos costuma ser de muitos dias.

O órgão esclarece que a a Anvisa tem monitorado diariamente os portos, aeroportos e fronteiras e emitido alertas sonoros de conscientização para os passageiros.



Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

Porto do Rio de Janeiro movimentou 7,42 milhões de toneladas em 2019.



Porto do Rio de Janeiro movimentou 7,42 milhões de toneladas em 2019.

O Porto do Rio de Janeiro movimentou, no ano passado, 7,42 milhões de toneladas de cargas, alta de 3,4% em comparação a 2018.

De acordo com dados divulgados, nesta sexta-feira (14), pela Gerência de Planejamento de Negócios da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), as maiores altas foram registradas na movimentação de contêineres e de granéis sólidos, que subiu 4,7% e 22,3% em toneladas, respectivamente.

Segundo a CDRJ, os dois tipos de carga somam cerca de 87% da movimentação total do porto.

O balanço revela que em TEU, do inglês Twenty-foot Equivalent Unit, medida padrão utilizada para calcular o volume de um contêiner, o Porto do Rio de Janeiro movimentou 370.257 TEU, expansão de 6,5%.

Segundo a CDRJ, foi mantida a característica principal de importação e exportação em contêiner cheio, na navegação de longo curso.

Cada TEU equivale a 20 pés. Um TEU representa a capacidade de carga de um contêiner marítimo normal, de 20 pés de comprimento, por oito metros de largura e oito metros de altura.



Fonte:Exame.


Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

China retoma compras de carne bovina do Brasil.



China retoma compras de carne bovina do Brasil.

Principal compradora de carne bovina do Brasil, a China começa a retomar importações da proteína a níveis elevados, depois de uma desaceleração ocorrida no primeiro bimestre em meio à crise do coronavírus.

Os chineses voltaram a comprar com mais intensidade, voltaram a fazer pedidos (maiores). Os preços não são os mesmos do fim do ano passado, mas são bons preços e com esse (patamar de) câmbio ajuda muito.

Um movimento mais agressivo dos chineses no Brasil, maior exportador global de carne bovina, potencialmente deve beneficiar empresas como Marfrig, JBS e Minerva --no caso das duas últimas companhias, elas chegaram a dar férias coletivas devido a impactos do coronavírus.

A recente retomada de pedidos da China se deve aos sinais de arrefecimento do coronavírus no país e ao recuo nos níveis de estoques locais.


Fonte:Terra

Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

Importações e Exportações no Brasil Despencam.



Importações e Exportações no Brasil Despencam.

Pandemia faz importações e exportações brasileiras despencarem.

A média das exportações da segunda semana de março caiu 20% em relação aos primeiros sete dias do mês.

Enquanto o coronavírus se alastra pelo país, a economia já começa a apresentar os primeiros sinais da contaminação. O Ministério da Economia divulgou, nesta segunda-feira, 16, um balanço das exportações e importações do país nas primeiras semanas de março — e os resultados não são nada animadores.


A média das exportações da segunda semana do mês somou 770 milhões de dólares, 20% abaixo da média de 962 milhões de dólares registrada na primeira semana de março.

Os resultados foram impactados pela queda nas exportações da exportação de 33,9% de semimanufaturados, pelo recuo de 21,5% nos embarques de petróleo e derivados, soja, minério de cobre e milho. A exportação de manufaturados caiu 11,6% na comparação entre as duas semanas — impactados pela venda de aviões, automóveis, ferro e aço e motores.

A indústria caiu 13,5% em janeiro e fevereiro na comparação com o mesmo período do ano anterior. Foi o resultado mais fraco desde janeiro de 1990 — dados que, evidentemente, têm impacto direto nas exportações e importações brasileiras.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o total de casos na China é de 81.048, país com mais infectados. O número de mortes causado pela doença chegou a 3.208. Segundo o governo chinês, o pico do surto já foi superado. Nesta segunda, subiu de 200 para 234 o número de casos confirmados no Brasil. De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, 2.064 pessoas são monitoradas por suspeitas de estarem infectadas.




Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

Coronavírus



Coronavírus.

Produtos vindos da China ainda podem ser importados?

Autoridades de saúde respondem se, mesmo com o atual surto de coronavírus, é seguro encomendar produtos do país.

Com medidas cada vez mais rígidas para tentar conter a infecção, autoridades chinesas trabalham incansavelmente para impedir que o coronavírus, originário da província de Hubei, se espalhe pelo mundo.

As preocupações não estão restritas aos países que sofrem com casos confirmados. Sites de compras internacionais, bastante populares em vários lugares do mundo, principalmente no Brasil, enfrentam a desconfiança de que produtos encomendados da China possam conter o vírus.

O coronavírus não sobreviveria por longos períodos em objetos – considerando que as encomendas demoram de um a três meses para chegar ao Brasil, por exemplo.

Segundo estudos recentes, o vírus consegue sobreviver por até cinco dias em materiais como madeira, papel e plástico. O tempo de vida dependerá do tipo de material em que o coronavírus estiver alojado.

De qualquer forma, devido aos longos períodos para que as encomendas cheguem por aqui, estaremos livres de contrair a doença por comprar da china.

Podemos continuar comprando produtos vindos da China – mesmo sabendo que o prazo de entrega é tão longo, que é possivel que eles cheguem por aqui depois de o surto de coronavírus ter sido controlado.




Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

CORONAVÍRUS.



CORONAVÍRUS.

Conheça os sintomas e saiba como se prevenir.

Preocupada com a saúde e bem-estar dos nossos clientes e colaboradores, a Aduana Express compartilha algumas informações sobre os sintomas e as melhores maneiras para prevenção do Coronavírus.


Os principais são sintomas conhecidos até o momento são:

Febre;
Tosse;
Dificuldade para respirar;
Principais formas de transmissão;
O Coronavírus apresenta uma transmissão menos intensa que o vírus da Gripe, porém ainda não se sabe a facilidade que o vírus possui em se espalhar de pessoa para pessoa.

As principais formas de transmissão conhecidas são:

gotículas de saliva;
espirro;
tosse;
catarro;
contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


Como prevenir o Coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o  Coronavírus.

Entre as medidas estão:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização;
Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
Evitar contato próximo com pessoas doentes;
Ficar em casa quando estiver doente;
Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Saiba mais detalhes em: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus




Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br

Os maiores importadores do mundo.



Os maiores importadores do mundo.

Para grande parte dos líderes mundiais e executivos de empresas, as mudanças nas políticas protecionistas que aconteceram nos últimos meses foram uma surpresa desagradável. Tanto economistas quanto historiadores concordam que ao longo da história, medidas desse tipo exacerbam as dificuldades já enfrentadas pelas economias em crise.


Exemplo disso foi a Lei Smoot-Hawley, dos Estados Unidos, que desencadeou uma guerra comercial durante a Grande Depressão, piorando a situação que já era ruim. Na época, a lei elevou as taxas de importação a níveis sem precedentes, o que praticamente fechou as fronteiras dos Estados Unidos para produtos estrangeiros.

Por essas e outras razões, as barreiras econômicas internacionais vêm diminuindo há várias décadas e, dessa forma, o comércio internacional tem crescido cada vez mais.


Maiores importadores.

Esses são os cinco países que mais importam do mundo, segundo dados de 2017 divulgados recentemente pela OMC (Organização Mundial do Comércio):

1º - Estados Unidos (US$ 2,4 trilhões);
2º - China (US$ 1,8 trilhão);
3º - Alemanha (US$ 1,2 trilhão);
4º - Japão (US$ 672 bilhões);
5º - Reino Unido (US$ 644 bilhões).

Os Estados Unidos ocupam a primeira posição com US$ 2,409 trilhões em importações, o que corresponde a cerca de 13,4% do total mundial. Vale ressaltar que esse montante é US$ 860 bilhões maior do que as exportações do país no ano passado — o que significa que o país tem um déficit comercial.


Em segundo e terceiro lugar aparecem China e Alemanha, respectivamente. O país asiático com US$ 1,842 trilhão (10,2% do total mundial) de importações e os alemães com US$ 1,17 trilhão (6,5% do total), se consolidando como a maior economia europeia.



Saiba mais, consulte a Aduana Express.

Aduana Express - Despachante Aduaneiro.

#Exportaçãotemporária
#EntrepostoAduaneiro
#DESPACHANTEADUANEIRO
#IMPORTAÇÃO
#EXPORTAÇÃO
#IMPORTAÇÃODACHINA
#CHINABRASIL
#ADUANAEXPRESS
#DESEMBARAÇOADUANEIRO
#EXTARIFARIO
#COMERCIOEXTERIOR
#COMERCIOINTERNACIONAL
#TrânsitoAduaneiro
#AgenciamentodeCargas
#LogisticaInternacional

Central de Atendimento - (11)9 5297.4682

Acesse nosso site para saber mais – https://aduanaexpress.com.br